O recipiente pode mudar o sabor do café?

Há quem diga que até a cor do recipiente no qual tomamos café influencia a nossa experiência!
Uma pesquisa liderada por George Van Doorn (pesquisador em psicologia e percepções) se propôs a investigar se a percepção das pessoas sobre o café seria influenciada pela cor da caneca na qual o líquido seria bebido. No caso do experimento, os testes foram feitos com canecas transparentes, azuis e brancas. Foram dois casos: no primeiro, a equipe chegou à conclusão de que as canecas brancas aprimoram a intensidade do café quando comparadas com as transparentes. Em outras palavras, um recipiente branco servido de café quente parece fazer com que as pessoas achem o café com gosto mais amargo. Em um segundo momento, foram analisados os formatos dos copos e concluiu-se que, diferentemente da coloração, essas características não influenciariam o sabor da bebida.

Quando falamos de material, o ideal é que você consuma o seu café em uma xícara de porcelana previamente aquecida – desta forma, o sabor será destacado e a temperatura se manterá constante. Caso você resolva passar uma quantidade maior de café e utilize garrafas térmicas, lembre-se de higienizá-las bem, aquecê-las e também de ter garrafas exclusivas para a bebida. Mas, o ideal é que não fique na garrafa por mais de 1 hora.

Para que a gente possa aproveitar os sabores e aromas do café, o ideal é buscar uma xícara esférica, mais estreita na base do que na parte superior. Além disso, esse formato valoriza o creme e nos permite dar uma boa olhada na sua cor e consistência. Uma borda com diâmetro amplo favorece muito a apreciação do famoso cheirinho de café.

A forma que você armazena o seu café também faz toda a diferença. Escolha um recipiente opaco, pois a luz é uma das grandes responsáveis pelo envelhecimento dos grãos; além disso, deixe o recipiente bem tampado e o mantenha em um local seco e de temperatura amena.

compartilhe nas redes: